História do Duomo de Florença

História do Duomo de Florença

A atração mais popular em Florença, o Duomo não é apenas uma maravilha arquitetônica, mas é também o local ideal para os entusiastas da história e da arte. A catedral, que foi construída no local da igreja de Santa Reparata do século VII, foi nomeada em homenagem a Santa Maria del Fiore. Embora a construção da catedral tenha começado no século XIII, ela foi concluída no século XV com a adição da icônica cúpula renascentista de Filippo Brunelleschi.

A Catedral de Florença que vemos hoje é o culminar da imaginação artística de muitos grandes artistas e arquitetos. Arnolfo di Cambio apresentou seu projeto no ano 1296, e sua construção começou sob a supervisão de Francesco Talenti. A Igreja foi consagrada pelo Papa Eugênio IV em 1436 após a conclusão da Cúpula, projetada por Filippo Brunelleschi.

A construção do Duomo começou em 1296. Durante os séculos XIII e XIV, após a morte de di Cambio, ela ficou sob a orientação de vários arquitetos e patronos. Filippo Brunelleschi recebeu o projeto para completar a construção da cúpula em 1418. A construção começou em 1420 e foi concluída em 1436, no mesmo ano em que o Duomo foi consagrado. A decoração da fachada externa terminou com a conclusão da fachada de mármore policromado em 1887. Os belos desenhos em mármore branco, rosa e verde que formam a fachada da Catedral, foram acrescentados entre 1871 e 1887. Ela complementa a torre sineira que foi projetada por Giotto di Bondone em 1334.

O Duomo de Florença hoje

Hoje a catedral atrai multidões de todo o mundo e nenhuma visita a Florença é completa sem fazer uma peregrinação ao Duomo. Designada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1982, é também a 4ª maior catedral de toda a Europa. O Duomo não é apenas um símbolo icônico da cidade, mas também reconhecido como uma das igrejas mais importantes de todo o cristianismo e uma das obras mais exemplares da arquitetura renascentista e gótica italiana.

A catedral Duomo contém hoje cerca de 1.000 obras de arte. A maior de todas alojada ali, até a presente data, é o Juízo Final de Giorgio Vascari (1572). Outras obras de arte famosas incluem Dante Diante da Cidade de Florença por Domenico di Michelino, Monumento Funerário a Sir John Hawkwood por Paolo Uccello, Estátua Equestre de Niccolò da Tolentino por Andrea del Castagno, Bustos de Giotto por Benedetto da Maiano, Brunelleschi por Buggiano - 1447, Marsilio Ficino, e Antonio Squarcialupi entre outros.

O Duomo também abriga 44 janelas pintadas de vidro e não é surpresa que hoje turistas de todo o mundo passem por lá para admirar seus interiores. Na época que foram adicionados ao interior da igreja, os vitrais eram o maior empreendimento de seu tipo na Itália.

Hoje, o Duomo de Florença é resultado de anos de trabalho realizado ao longo de séculos de história. Entretanto, foi somente após o século XIX que a catedral passou por mudanças tanto no exterior quanto no interior - incluindo a construção de sacristias para a execução de esculturas e afrescos. A catedral, a maior da Europa quando foi concluída no século XV, tem 153 metros de comprimento, 90 de largura no cruzamento, e 90 metros de altura desde o pavimento até a abertura da lanterna no topo.

Selecione seus ingressos

Duomo de Florença: Visita sem Filas com Cúpula
Visita Guiada do Duomo de Florença com Entrada Reservada
Excursão VIP: Academia e David + Visita do Duomo com Cúpula e Terraços